Um outro modo de olhar


Meus olhos se fecham
Para não ver
Mas continuo a imaginar,
Minha imaginação eu tento conter
Mas continuo a pensar.

E o pensamento eu não consigo impedir
Nem o sentimento ignorar.

Meus olhos se abrem
Para tentar um outro modo de olhar
Outra forma de pensar,
Um novo imaginar,
Algo bom para sentir.

E não precisar fugir
E não precisar voltar.

Uma perda pode ser vista como uma chance.
Uma chance pode ser uma emboscada.
Um bom plano pode acabar numa enrascada
E o improviso pode dar um bom romance.

Há sempre mais que uma forma de olhar, sentir e entender
a mesma coisa, o mesmo fato, o mesmo ser.
Há sempre outro modo de pensar, de transmitir e receber.

Autor: Edinei Lisboa - Argonauta021
Imagem: google

Um comentário:

  1. Como sempre, surpresas e reflexões em cada novo texto.
    parabéns

    ResponderExcluir